Fernando Cabeleireiro

quarta-feira, 29 de julho de 2015

As charges do dia...

Delegado e secretário de Estado trocam ameaças e brigam ao vivo em entrevista
Delegado e secretário de Estado trocam ameaças e brigam ao vivo em entrevista

3ª Gincana de Motos e manobras radicais será realizada em Zabelê



No próximo domingo dia 09 de agosto,  o Município de Zabelê,  irá realizar  a 3ª Gincana de motos e manobras radicais. As atividades irão acontecer a partir das 13:00hs, em homenagem aos pais. Os participantes estarão concorrendo a uma premiação de 3 mil reais  e vários prêmios, as inscrições poderão ser feitas no local e é grátis.
Pequenos percursos com obstáculos serão montados para a competição em duas rodas. Esse ano terá como atração show radical com Harlley Amorim
"Esperamos que essa 3ª Gincana não seja diferente, e faça sucesso tanto quanto a 1ª e 2ª  que foram   realizadas em outros anos, declarou Hernandes",  que  é o organizador do evento. Você não pode ficar de fora deste evento que irá movimentar o final de semana no Cariri.
Mais Informações (83) 9638-7000 / 3303-1001
                                                                                    OPIPOCO

terça-feira, 28 de julho de 2015

Morte de Lampião e Maria Bonita completa 77 anos

São Sebastião do Umbuzeiro realiza VI Conferência de Assistência Social

Ministro Monteirense envolvido em escândalo da Lava jato

O site de VEJA informa que Marcelo Odebrecht aproximou-se do atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Francisco Falcão, enquanto via empresários concorrentes encrencados com a Operação Lava Jato.
Diz a matéria de Laryssa Borges:
“Mensagens cifradas apreendidas no telefone celular do empreiteiro indicam que o executivo listava Falcão como uma das autoridades que, no limite, podiam atuar em seu benefício em caso de problemas judiciais. No momento em que o empresário tenta conseguir um habeas corpus para ser liberado, está nas mãos do próprio ministro Francisco Falcão o recurso que tenta interromper seus mais de 35 dias de cadeia. Embora esteja preso desde junho, o habeas corpus no STJ foi pensado para ser apresentado apenas nos últimos dias. É que assim o recurso seria estrategicamente distribuído ao ministro, responsável pela segunda metade do plantão do tribunal no recesso do Judiciário.”
Tem mais: até a recompensa pela liberação estaria prevista.
“Em Brasília, Francisco Falcão tem como um dos principais interesses conseguir emplacar o desembargador Marcelo Navarro Dantas para a vaga aberta no STJ com a aposentadoria de Ari Pargendler. Nos bastidores, tem feito investidas no Palácio do Planalto e no Congresso para conseguir que o apadrinhado se torne ministro. Dantas recebeu 20 votos e foi o segundo colocado na lista de candidatos a ser encaminhada à presidente Dilma Rousseff, a quem cabe, ao final, escolher o novo ministro do STJ. Joel Paciornik, com 21 votos, e Fernando Quadros, com 18, completam a relação de indicados à vaga. Interlocutores dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Aloizio Mercadante (Casa Civil) não têm dúvida: um despacho de Falcão favorável à liberdade de Marcelo Odebrecht seria devidamente recompensado com a indicação de Navarro Dantas para o STJ.“
O nome disso seria golpe. Mais um golpe no Poder Judiciário para blindar Lula e Dilma Rousseff, com a cumplicidade da petista.
“Nas mensagens cifradas no celular de Marcelo Odebrecht aparecem referências a ‘Falcão’ e a ‘Aprox STJ’. O contexto da conversa não foi decodificado pela Polícia Federal. A defesa do empreiteiro tem até a meia noite de hoje para explicar item por item as menções feitas pelo executivo aos mais diversos políticos.”
Falcão deveria se declarar impedido de julgar o habeas corpus de Marcelo enquanto a questão não é esclarecida, o que dificilmente vai fazer.
A boa notícia, no entanto, é que a estratégia de Marcelo de se aproximar do STJ “acabou desmontada pela decisão do juiz Sergio Moro de decretar uma nova prisão preventiva do executivo na última sexta-feira. Com a recente ordem de prisão, mesmo que o ministro Francisco Falcão libere o empresário com a expectativa de conseguir a nomeação do apadrinhado para o STJ, Marcelo Odebrecht continua atrás das grades por haver uma nova ordem de prisão contra ele”, já que, segundo o juiz, “surgiram diversos elementos probatórios”.
Que Sergio Moro continue assim: sempre dois passos à frente dessa gente.
Fonte:veja

Votar no PT e ALIADOS é exercer o direito de ser idiota

 

Gincana de motos em Zabelê (09 de agosto de 2015 - dia dos pais)

domingo, 26 de julho de 2015

BARBARIDADE: Mulher morre após ter corpo queimado pelo marido em Monteiro

BARBARIDADE: Mulher morre após ter corpo queimado pelo marido em Monteiro
BARBARIDADE: Mulher morre após ter corpo queimado pelo marido em Monteiro
As informações iniciais dão conta que o acusado estava com ciúmes da companheira e, por isso, tenha cometido essa barbárie. Ele é acusado de ter espalhado gasolina no corpo da companheira e ateado fogo. A jovem é mãe de três crianças.
Na hora em que a Polícia foi acionada, a jovem agonizada na calçada da casa e o acusado estava em cima do telhado. A violência contra a mulher é constante no Cariri, e o que aconteceu nesta noite em Monteiro teve requintes de crueldade, já que aparentemente estaria consciente.
Jacquelline Oliveira e Paulo Viana

Ciúme: Homem queima corpo inteiro de mulher em Monteiro



A cidade amanheceu em choque com um mais crime bárbaro, de graves sequelas para a vítima. O fato foi registrado na noite desse sábado na cidade de Monteiro, aqui no Cariri Paraibano. Por volta das 23:45h (sábado 25) deu entrada no Hospital Regional em Monteiro Maria Lucicleide Félix da Silva, de 25 anos, residente na rua Célio Viana no bairro do Alto de São Vicente.
Ainda consciente, mas com o corpo totalmente “carbonizado” Lucicleide foi atendida pelo Samu inicialmente e pela equipe médica do Hospital Regional de Monteiro e transferida para o Hospital de Trauma em Campina Grande em estado gravíssimo. O acusado o seu companheiro José Ivanildo Cordeiro da Silva, de 32 anos, teve parte do corpo queimado, mas passa bem foi encaminhado para o Trauma sob custódia Policial.
As informações iniciais dão conta que José Ivanildo estava com ciúmes de Lucicleide e por isso  tenha cometido essa barbárie. Ele espalhou gasolina no corpo da companheira e colocou fogo. Ela é mãe de três crianças.
Na hora em que a Polícia foi acionada a jovem Lucicleide agonizada na calçada da casa e o acusado estava em cima do telhado.
A violência contra a mulher é constante no Cariri, e o que aconteceu nesta noite em  Monteiro teve requintes de crueldade, já que aparentemente José Ivanildo está consciente.
Jacquelline Oliveira e Paulo Viana.

João quer criação de duas regiões metropolitanas, incluindo a do Cariri

Site polêmico divulga informações pessoais e mostra até endereço no mapa
Três projetos de lei complementar protocolados na Assembleia Legislativa da Paraíba vão ciar mais três regiões metropolitanas no Estado. Duas são de autoria do deputado João Henrique (DEM), e a outra do deputado Janduhy Carneiro (PTN).
A primeira, de autoria de João Henrique que cria a Região Metropolitana de Monteiro detalha que o território será composto por 17 municípios Monteiro (município sede), Zabelê, Congo, Serra Branca, São Sebastião do Umbuzeiro, Carnalaú, São João do Tigre, Prata, Ouro Velho, Amparo, Assunção, Coxixola, Livramento, Parari, São José dos Cordeiros, Sumé e Taperoá).
De autoria do deputado Janduhy Carneiro cria a Região Metropolitana de Pombal, no Sertão paraibano, e será composto pelos municípios de Pombal (sede), Paulista, São Domingos, São bentinho e Cajazeirinhas.
O último projeto de criando a Região Metropolitana de São Bento, de autoria também do deputado João Henrique, integra o agrupamento dos municípios de São Bento, Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Belém de Brejo do Cruz, São José de Brejo do Cruz, Paulista, Brejo dos Santos, Bom Sucesso, Riacho do Cavalo, Jerico, Lagoa e Mato Grosso.
Ainda segundo os projetos, a região metropolitana será administrada por cinco membros indicados pelo Governo do Estado sendo um indicado pelo município sede de reconhecida capacidade técnica e ou administrativa.
O objetivo é criar instrumentos de planejamento, execução e fomento de ações e políticas públicas entre os municípios envolvidos.

Homem furta celular de dentro de carro em plena luz do dia em Monteiro

Site polêmico divulga informações pessoais e mostra até endereço no mapa

Léo Pinheiro é ameaçado; advogada de delatores sai “fugida” do país: fantasma de Celso Daniel assusta!

O fantasma de Celso Daniel ronda a Lava Jato.
Trechos de duas reportagens de VEJA desta semana contêm relatos de ameaças a duas figuras fundamentais das investigações: o presidente da OAS, Léo Pinheiro, e a advogada que negociou a delação premiada de nove dos dezoito réus confessos da operação, Beatriz Catta Preta.
alx_jose-aldemario-pinheiro-net-leo-oas-89-jpg_original1) Em abril, VEJA revelou que Léo Pinheiro, quando estava preso, anotava em pedaço de papel histórias que poderiam ser contadas sobre suas relações com Lula e o poder.
Dias depois, revela a revista agora, “Pinheiro foi procurado por um carcereiro em sua cela no Complexo Médico-Penal do Paraná. Enquanto recebia a bandeja com a comida, Léo Pinheiro entendeu que o agente disse que seria melhor ele passar a dormir de olhos abertos. Conselho ou ameaça, o que se sabe é que a frase do carcereiro assustou bastante o preso.
Libertado da prisão preventiva pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Léo Pinheiro contou esse episódio a familiares durante uma discussão sobre a conveniência de fechar o acordo de delação premiada. A família o estimulou a fazê-lo. Os fatos também. Defendido por três renomadas bancas de advogados em Brasília, São Paulo e Curitiba, Pinheiro viu naufragar todas as estratégias jurídicas empregadas por seus defensores”.
Beatriz2) Há duas semanas, Beatriz Catta Preta “dispensou recepcionistas e secretária e parou de atender o celular. Na segunda-feira 20, enviou um e-mail a todos os seus clientes anunciando que não mais faria a defesa deles. Ato contínuo, deixou o Brasil”.
“Algo de muito grave fez com que Catta Preta decidisse sair de cena – e há indícios de que ela estava apavorada quando o fez. Em maio, por razões desconhecidas, deixou de mandar o filho à escola e pediu à direção o trancamento da matrícula. Em junho, foi a vez de tirar também a menina mais nova da escolinha que frequentava. Um advogado próximo de Catta Preta afirmou a VEJA que ouviu de um amigo em comum aos dois que ela vinha recebendo ameaças e que, por isso, teria saído ‘fugida’ do país.”
A chapa está quente na República petista. Coincidentemente, quanto mais perto se chega de Lula, mais o fantasma de Celso Daniel grita “Buuuuuuu!”.

sábado, 25 de julho de 2015

BOMBA DA VEJA! Léo Pinheiro entrega Lula e Lulinha! Pegaram o “chefe” do petrolão! Brasiiiiilllll!

A casa caiu para o “chefe”!
A VEJA desta semana revela uma bomba atômica – um míssil nuclear! – com exclusividade.
E este blog antecipa em primeira mão.
Reproduzo a chamada de capa: “Amigo de Lula, o empreiteiro Léo Pinheiro decidiu contar ao ministério público tudo o que sabe sobre a participação do ex-presidente no petrolão e como o filho Lulinha ficou milionário”.
Léo Pinheiro, que chama Lula de “chefe”, havia avisado.
Em abril, VEJA antecipou três bombas do presidente da OAS:
1) Induzido por Lula, o empreiteiro mandou reformar o sítio que está em nome de um sócio do filho Lulinha, mas que Lula diz ser seu.
* Veja AQUI.
2) Léo Pinheiro recebeu de um emissário de Lula a missão de arranjar serviço e dinheiro para o marido de Rosemary Noronha, a amante de Lula que ameaçava contar tudo que sabia dos esquemas do petista após ser abandonada.
* Veja AQUI.
3) Léo Pinheiro contou como Lula virou dono do tríplex no edifício Solaris, no Guarujá (SP), em uma das oito obras assumidas pela OAS depois da quebra em 2006 da Bancoop, então presidida por João Vaccari Neto.
* Veja AQUI.
Agora VEJA traz a história completa, com muito mais novidades. Não perca.
O Brahma não está numa fase muito boa, não.

Fora PTralhas e aliados - 16 de Agôsto de 2015

Todos na rua; ou PTralhas fora ou golpe milítar

sexta-feira, 24 de julho de 2015

TJ condena 9 ex-prefeitos do Cariri e absolve 5 em ações de improbidade administrativa

O Tribunal de Justiçada Paraíba (TJPB) divulgou, na manhã desta sexta-feira (24), a lista de gestores públicos paraibanos condenados por improbidade administrativa dentro do o 3º lote de sentenças referente ao julgamento de processos relacionados pela Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Foram condenados 9 ex-prefeitos e ex-presidentes de Câmaras do Cariri.
Foram condenados os ex-prefeitos de Juazeirinho, Serra Branca, Prata, Zabelê, Gurjão e São João do Cariri. No mesmo lote alguns líderes foram absolvidos a exemplo da prefeita de Monteiro, Edna Henrique, do prefeito de Boa Vista, Edvan Leite, e dos ex-prefeitos de Gurjão, Martinho Cândido, Cabaceiras, Pedro Pinto, e Ouro Velho, Inácio Júnior.
O grupo especial de juízes e assessores julgou 89 processos referentes a infrações por ato de improbidade administrativa, crimes contra a administração pública e licitação. Destes, 57 foram pela condenação. Existem acusados com mais de um processo.

Veja a lista dos líderes caririzeiros condenados:

Fred Marinheiro – Ex-prefeito de Juazeirinho – condenação penal
Marcel Nunes – Ex-prefeito da Prata – Improbidade Administrativa
Robério Andrade – Ex-prefeito de Zabelê – Improbidade Administrativa
Welington Costa – Ex-presidente da Câmara de Juazeirinho – Improbidade Administrativa
Jordi Alves de Queiroz – Ex-presidente da Câmara de Coxixola – Improbidade Administrativa
José Carlos Vidal – Ex-prefeito de Gurjão – condenação penal
Marcone Medeiros (In Memorian) – Ex-prefeito de São João do Cariri – Improbidade Administrativa
Zizo – Ex-prefeito de Serra Branca – Improbidade Administrativa
Maria das Dores Ferreira – Ex-presidente da Câmara de Caturité – Improbidade Administrativa

Veja a lista dos gestores caririzeiros absolvidos:

Martinho Cândido – Ex-prefeito de Gurjão
Pedro Pinto Costa – Ex-prefeito de Cabaceiras
Ednacé Alves Silvestre – Prefeita de Monteiro
Marcone Medeiros – Ex-prefeito de São João do Cariri
Edvan Leite – Prefeito de Boa Vista
                                                              Fonte: OPIPOCO

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Aniversariante do dia: "João do Serrote" (52 anos)

Era o dia 23 de julho de 1963 quando nascia João Silvo Sobrinho, mais conhecido por João do Serrote, Filho de Seu Sebastião de Nezinho e de dona Zefinha. João, viveu, foi menino e cresceu no sítio fernandes (onde tem um serrote) no município de Sertânia Pernambuco; por isso o nome "João do Serrote". João é daqueles amigos inseparáveis, que mesmo que as conseguências da vida tente nos afastar... Não consegue... Parabéns meu amigo! A vida sem sua amizade não tem nenhum sentido!

Cantora paraibana Sandra Belê se apresenta e encanta o público do Festival de Garanhuns

A cantora paraibana Sandra Belê se apresenta no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), na segunda-feira (20). Sandra levou alegria e a música da paraíba para o festival dos nossos vizinhos pernambucanos.
“A Festa” de Sandra Belê animou o público do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG).
Nascida em Zabelê, cidade do interior da Paraíba, onde viveu sua infância, adolescência e o início da vida adulta. Suas referências são as cantigas do Reisado, a voz do aboiador, o som do carro de boi, os banhos de açude, o som da sanfona do seu pai, e o entrelaçar de linhas da sua mãe.

Muita Chuva em Zabelê hoje 23/07/2015

video

Câmara recebe 12º pedido de impeachment contra Dilma

A Câmara dos Deputados recebeu na noite de terça-feira, 21, mais um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Este é o 12º requerimento apresentado desde fevereiro deste ano. Assim como os outros 11 requerimentos, este também apresentava erros de formatação e o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), determinou que o texto seja reescrito em até dez dias.
"Representa em desfavor da presidente da República, Dilma Vana Rousseff, tendo em vista haver elementos jurídicos para que seja proposto e admitido o 'impeachment' perante a Câmara dos Deputados e Senado Federal", diz a ementa o requerimento apresentado.
O pedido de impeachment é assinado por Bruno Antônio Martins de Guimarães e Adolfo Sachsida. Nas redes sociais dos dois signatários, há textos críticos ao governo e convocações para as manifestações contrárias ao governo previstas para agosto. Sachsida aparece como signatário de um outro requerimento apresentado em maio.
Na expectativa de ter cada vez mais pedidos de impeachment protocolados, Cunha determinou que, tão logo requerimentos fora da formatação cheguem à Câmara, a Secretaria-Geral da Mesa encaminhe aos autores requerimento de adequação dos textos. Na última sexta-feira, 17, horas depois de anunciar seu rompimento com o governo, Cunha determinou que se solicitasse adequações a todos os autores. O presidente da Câmara já anunciou que o Congresso analisará no segundo semestre as contas do ano passado do governo Dilma. Cunha afirmou na semana passada que a Casa fará um julgamento "político".
Dos requerimentos apresentados até o momento, apenas um foi feito por parlamentar. Jair Bolsonaro (PP-RJ) apresentou pedido de impeachment em 13 de março. O deputado também teve que fazer adequações em seu pedido.

Lula quer conversar com FHC para conter impeachment

Ao se aproximar do tucano, o ex-presidente petista quer um conciliador dentro da oposição
Luiz Inácio Lula da Silva está preocupado com o atual cenário político do Brasil e, de acordo com informações da Folha de S. Paulo, autorizou amigos que tem em comum com Fernando Henrique Cardoso a o procurarem e propor uma conversa entre os dois ex-presidentes sobre a crise. O jornal relata que a objetivo seria conter as pressões pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.
O petista conversou com aliados e sugeriu que a conversa poderia ser por telefone. Com viagem marcada, o tucano preferiu deixar esse encontro para quando retornar ao Paí, em agosto.
A Folha lembra que, em maio, Lula já se aproximou de outro tucano. Ele e o senador José Serra (PSDB-SP) estiveram na festa de um amigo comum e conversaram reservadamente. Ao se aproximar de FHC, Lula quer um conciliador dentro da oposição.
Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Instituto Lula afirmou à Folha que o ex-presidente não está interessado em uma conversa com o tucano e não sabe nada a esse respeito. Já FHC se pronunciou por e-mail: "O presidente Lula tem meus telefones e não precisa de intermediários. Se desejar discutir objetivamente temas como a reforma política, sabe que estou disposto a contribuir democraticamente. Basta haver uma agenda clara e de conhecimento público".
A reportagem da Folha revela que as informações sobre a movimentação de Lula foram confirmadas por integrantes do Instituto Lula e políticos de três partidos. Já a assessoria do petista se manifestou dizendo que "relatos anônimos" servem apenas para alimentar "especulação".